Formigas

 
 
Contacte-nos 220 423 381 ou Solicite-nos um Orçamento ---- Deixe os profissionais tratar das pragas por si --- CONTROLO DE PRAGAS 24H
 

Controlo de Pragas de Formigas

 

 
 
 
 

Formiga Preta ou de Jardim

 
Família: Lasius niger 
  • Obreiras: 4 a 5 mm de comprimento
  • Rainhas: 15 mm de comprimento
  • Cor entre o castanho-escuro e o preto
  • Segmento delgado no centro (pedicelo) 
  • Não tem ferrão 

Ciclo de vida
  • As rainhas passam o Inverno na terra. A postura dos ovos ocorre no fim da Primavera. As larvas surgem 3 a 4 semanas depois
  • As larvas alimentam-se de secreções das glândulas salivares das rainhas até emergirem as primeiras formigas obreiras
  • As formigas obreiras cuidam das larvas, constroem os formigueiros e procuram e armazenam alimentos
  • Os machos férteis surgem mais para o fim da estação

Hábitos
  • As formigas obreiras que têm a tarefa de procurar e armazenar alimentos seguem trilhos bem definidos até às fontes de alimentos
  • Preferem os alimentos doces, mas também armazenam alimentos com proteínas
  • Comem cerca de 30 g de alimentos e bebem 60 ml de água por dia
  • Características da colónia: O acasalamento entre rainhas e machos férteis acontece no período da enxameação, entre o meio e o fim do Verão. Os machos morrem depois de acasalarem
  • Localização dos formigueiros: Frequentemente na terra e debaixo de lajes ou placas de pavimentos, nas áreas soalheiras dos edifícios. Os formigueiros podem ser identificados pela presença de terra em pó fino à volta dos buracos de saída
 
 
 
 
 
 

Formiga do Fogo

 
Família: Solenopsis spp 
  • Obreiras de 3–6mm de comprimento; Rainhas de 15mm de comprimento
  • Castanho acobreado na cabeça e no corpo, com abdómen mais escuro
  • A Solenopsis tem uma antena de dois segmentos muito distinta, mais visível na parte da frente da formiga fêmea reprodutora

Ciclo de vida
  • Depois de formar colónia e acasalar, a rainha procura um local adequado para depositar os seus ovos. Depois de encontrar o local ideal, pode depositar até 125 ovos no fim da Primavera
  • As larvas surgem 8 a 10 dias depois e a fase da pupagem dura 9 a 16 dias
  • As larvas alimentam-se de secreções das glândulas salivares das rainhas e dos músculos das asas, até emergirem as primeiras formigas obreiras. Depois deste primeiro lote de larvas se transformar em obreiras, a rainha volta a efectuar mais posturas – pode depositar até 1500 por dia. As formigas obreiras cuidam das larvas, constroem os formigueiros e procuram alimentos
  • Os machos férteis surgem mais para o fim da estação

Hábitos
  • A dieta alimentar das obreiras consiste em animais mortos, incluindo insectos, minhocas e vertebrados. As obreiras também colhem melaço e forragem para a sua dieta de açúcares, proteínas e gorduras
  • Características da colónia – o acasalamento entre rainhas e machos férteis acontece no período da enxameação, a meio ou no fim do Verão. Os machos morrem depois de acasalarem
  • Os locais dos formigueiros identificam-se por montículos de terra até 40cm, podem-se encontrar perto de objectos no solo ex: troncos
  • Se forem atacadas, podem reagir agressivamente com uma ferroada dolorosa, que faz aparecer uma pústula passadas cerca de 48 horas
  • Estas formigas são uma praga grave, tanto urbana como agrícola, destruindo sementeiras e invadindo zonas residenciais exteriores e interiores
 
 
 
 
 
 

Formiga Fantasma

 
Família: Tapinoma melanocephalum
  • Cabeça escura
  • Patas e abdómen pálidos / translúcidos
  • Quase 2 mm de comprimento

Ciclo de vida
  • As colónias estão em constante reprodução

Hábitos
  • Alimentação: interior de habitações – substâncias doces e gorduras; exterior – insectos que produzam substâncias doces
  • Ninhos: interior de habitações – pequenos espaços, vazios nas paredes; exterior – vasos de flores, debaixo de objectos que estejam pousados no solo, debaixo de cascas de árvore soltas
  • Locais: são atraídas pelas áreas que tenham bastante humidade, podendo ser encontradas em armários de cozinha e casa-de-banho
  • As colónias pode distribuir-se por ninhos em locais diferentes
 
 
 
 
 
 

Formiga Argentina

 
Família: Linepithema humile
  • Obreiras: cerca de 2 mm de comprimento
  • Coloração castanha clara ou escura
  • Não há enxameação
  • Picam, sem ferrão

Ciclo de vida
  • As formigas obreiras são geradas na Primavera e aumentam os seus números até ao Outono
  • Formigas aladas (reis e rainhas reprodutores): geradas no início da Primavera, antes das obreiras, amadurecem durante três meses e acasalam pouco depois
  • As formigas argentinas acasalam no seu ninho e nunca se vê enxameação

Hábitos
  • As formigas obreiras seguem percursos de longa distância até às fontes de alimento, pelo que não é fácil encontrar os ninhos
  • Preferem alimentos doces, mas também comem outros insectos vivos ou mortos, carnes, cereais e fruta apodrecida
  • As formigas argentinas expulsam da sua área todas as formigas de outras espécies
 
 
 
 
 
 

Formiga dos Pavimentos

 
Família: Tetramorium caespitum
  • Castanhas-escuras ou quase pretas
  • Um pouco mais de 3 mm de comprimento
  • 6 patas
  • 2 espinhos no dorso
  • 2 nós no pecíolo
  • Ranhuras na cabeça e no tórax
  • Tórax irregular com 1 par de espinhos
  • Antenas de 12 segmentos
  • As formigas aladas são frequentemente confundidas com as térmitas

Ciclo de vida
  • Visíveis na Primavera e no Verão
  • Em estruturas aquecidas, é possível que sejam vistas em qualquer altura do ano

Hábitos
  • Alimentação - comem quase tudo o que os humanos comem e também comida de animais de estimação
  • Visibilidade - podem ser vistas a entrar em casas para procurar alimentos, sobretudo durante a noite. Podem deslocar-se pelas canalizações e pelos cabos eléctricos
  • Ninhos - em relvados e debaixo de pedras, madeira ou placas. Constroem conjuntos de montículos de terra em passeios, lajes e perto das fundações de edifícios. As colónias costumam situar-se perto de água
 
 
 
 
 
 

Formiga Citronela

 
Família: Acanthomyops claviger
  • A cor varia de amarelo claro a amarelo-avermelhado-escuro ou castanho-claro
  • Obreiras: quase 5 mm de comprimento
  • Enxameadoras: um pouco mais de 3 mm de comprimento
  • Um só nó para o pedicelo
  • Pêlos erectos, escassos, na cabeça, no tórax e no abdómen

Ciclo de vida
  • A enxameação ocorre no fim do Inverno e na Primavera. São frequentemente confundidas com as térmitas

Hábitos
  • Odor – produzem um agradável aroma a citronela (ou erva-cidreira) se forem esmagadas
  • Ninhos – variam entre madeiras abertas, pastos, jardins, relvados, fundações de habitações. Por vezes, encontram-se colónias debaixo de lajes de betão, pedras grandes e troncos em decomposição. As colónias têm montículos de terra à volta das aberturas
 
 
 
 
 
 

Formiga Doméstica Odoroso

 
Família: Tapinoma sessile
  • Castanhas ou pretas
  • Entre 1,5 e um pouco mais de 3 mm de comprimento
  • As antenas têm 12 segmentos e não terminam num taco
  • 6 patas

Ciclo de vida
  • Atingem a fase adulta do seu desenvolvimento em 34 a 38 dias
  • Costumam viver durante vários anos

Hábitos
  • Alimentação - comem praticamente tudo o que haja para comer numa casa, com preferência pelos alimentos ricos em açúcares (doces e frutas como o melão). Também comem alimentos de animais de estimação
  • Locais - são atraídas pela humidade. Nos ambientes mais quentes e secos, é possível encontrar os seus ninhos em plantas domésticas e até tampas de sanita
  • Odor: produzem um aroma de coco se forem esmagadas
  • Colónias: variam entre 100 e 10.000 indivíduos
 
 
 
 
 
 

Formiga Carpinteira

 
Família: Camponotus pennsylvanicus
  • Obreiras: 6 mm de comprimento
  • Rainha: 12 mm de comprimento
  • O mais comum é serem quase pretas, mas também podem ser vermelhas ou mesmo pretas
  • 6 patas

Ciclo de vida
  • A enxameação ocorre na Primavera
  • As colónias de formigas carpinteiram podem durar entre 3 a 6 anos

Hábitos
  • Locais: - madeiras, secas ou húmidas, mas preferem as húmidas (por exemplo, madeiras sujeitas a infiltrações de água)
  • Interior de casas: escavam galerias nas madeiras, com um aspecto muito suave
  • Exterior: por vezes tornam ocas secções inteiras de árvores
  • Visibilidade – procuram alimentos sobretudo durante a noite, mas também o fazem durante o dia na Primavera e no Verão. Os sinais são geralmente pó de madeira, madeira molhada ou ruídos estranhos com origem nas paredes
  • Alimentação – o principal alimento é uma substância doce que se encontra nas plantas, mas também comem secreções de plantas, sumos de fruta e restos de insectos. Não comem madeira. Nas habitações, são atraídas por substâncias doces, gorduras e carnes
  • Contacto – raramente se deixam ver por pessoas e tentam escapar se isso acontecer. Não conseguem picar
 
 
 
 
 
 

Formiga Faraó

 
Família: Monomorium pharaonis
  • Obreiras de 1,5-2mm de comprimento, castanhas amareladas, com abdómen castanho
  • Machos com 3mm de comprimento, pretos, com asas
  • Rainhas com 3,5-6mm de comprimento, vermelhas escuras, com asas
  • Olhos pretos. Dois pequenos segmentos no pedicelo
    Ciclo de vida
    • Colónias com múltiplas rainhas 
    • 3A colónia pode formar-se em qualquer altura do ano
    • As adultas com asas raramente voam, pelo que raramente são vistas. Perdem as asas pouco depois do acasalamento

    Hábitos
    • Deixam carreiros bem definidos, muitas vezes associados aos sistemas de aquecimento. Dentro de casa, alimentam-se de produtos ricos em proteínas - carne, gorduras, sangue, insectos mortos, etc
    • Características da colónia – as novas colónias são formadas, muitas vezes, a partir de formigueiros que sofreram perturbações, por exemplo, em resultado de tratamentos com insecticidas. Cada rainha produz até 3500 ovos durante o seu ciclo de vida
    • Localização dos ninhos – cavidades profundas em edifícios aquecidos. Encontram-se muitas vezes em hospitais. Associados a condições de humidade. As colónias podem ir de algumas dúzias a 300.000 indivíduos
 
 
 
 
 
 

Formiga Alada

 
Família: Hypoponera punctatissima
  • Castanha avermelhada
  • Obreiras com 2mm de comprimento
  • Um grande segmento no pedicelo
  • Os primeiros dois segmentos do abdómen estão contraídos
  • Apresenta ferrão

Ciclo de vida
  • Pouco se sabe do seu ciclo de vida

Hábitos
  • As obreiras procuram alimentos aleatoriamente e não deixam trilhos, uma vez que as presas vivas são perseguidas, especialmente colêmbolos. Raramente são vistas no exterior
  • Características da colónia – formam colónias o ano inteiro. As adultas com asas encontram-se, muitas vezes, em dispositivos de controlo de insectos voadores - Luminos
  • Localização dos ninhos – em detritos e resíduos húmidos. Fendas à volta de esgotos e atrás de azulejos partidos
 
 
 
 
 

Metodologia de Serviço

 
 
 

Inspecção

 
 
 
 

identificação

 
 
 
 

aplicação

 
 
 
 

medidas preventivas

 
 
 
 
 
Os nossos Clientes
 
 
  • Armazéns
  • Restaurantes
  • Cafés
  • Padarias
  • Pastelarias
 
 
 
  • Casas Particulares
  • Condomínios
  • Infantários
  • Escolas
  • Empresas Alimentares
 
 
 
  • Hotéis
  • Pensões
  • Câmaras
  • Navios
  • Organismos Públicos
 
 
 
  • Minimercados
  • Lares de Terceira Idade
  • Vacarias
  • Aviários
  • Outros